istockphoto-1306156867-170667a

A primeira coisa para ter sucesso na redução do consumo de energia é saber o que mais gasta.

No geral, a dica para economizar com esses equipamentos é controlar o seu uso, mantê-los em bom estado ou trocá-los por modelos mais novos e eficientes.

Veja quais são os aparelhos que mais consomem energia elétrica 

Chuveiro elétrico

Sem dúvida, o aparelho que mais consome energia em uma residência é o chuveiro elétrico.

Com base nas estimativas de consumo médio mensal disponível no site do Centro Brasileiro de Informação de Eficiência Energética (Procelinfo), um modelo de 4.500 Watts de potência, utilizado todo dia por uma média de 32 minutos, consome 72 kWh no mês.

Multiplicado pelo valor médio da tarifa residencial nacional (R$ 0,609), isso dá quase R$ 44, sem contar o adicional da bandeira vigente.

Vale lembrar que, quanto maior a potência do aparelho, mais energia ele irá consumir.

Outro agravante é a função inverno, que aumenta o consumo de energia para esquentar mais a água.

Ar-condicionado

Quando analisamos o consumo total no final do mês, o aparelho que mais gasta energia elétrica é o ar-condicionado.

Ele é o maior vilão da conta de luz e um item praticamente obrigatório em qualquer casa ou empresa devido ao calor em nosso país.

O problema não está tanto no consumo dos aparelhos, menor que o de chuveiros elétricos, mas no seu uso prolongado.

Um modelo de 1.200 Watts de potência, funcionando 1 hora por dia, consome 36 kWh no final do mês, que multiplicado por R$ 0,609 dá quase R$ 22.

Calcule quantas horas por dia você utiliza seu(s) aparelho(s), depois multiplique pelo valor da sua tarifa, adicione a bandeira vigente e você começa a perceber o rombo no final do mês.

Como nos demais equipamentos, quanto maior for a potência, maior será o seu consumo elétrico.

Geladeira

A geladeira é o eletrodoméstico que mais consome energia elétrica em uma residência.

Mesma regra aqui: versões maiores, como as de duas portas, consomem mais.

Enquanto geladeiras mais simples têm potência média de 45 a 150 watts, os modelos duplex têm potência, em geral, de 250 W.

Para uma geladeira de duas portas, o consumo mensal será de 180 kWh, e a despesa na conta de aproximadamente R$ 110.

Ventilador

é indiscutível que um aparelho de ar-condicionado consome mais energia que um ventilador de teto.

Mas cuidado, pois o uso prolongado do ventilador também pode impactar a conta no final do mês.

Um modelo de teto com 120 W de potência, ligado 8 horas por dia, consome 28,8 kWh no mês e custa cerca de R$ 18 para o bolso.

Multiplique pelo número de aparelhos na casa ou empresa, e a conta começa a ficar pesada.

TV e computador

Por último, temos os computadores/notebooks e televisores, presentes na maioria das casas e empresas.

Um computador de 300 W de potência, funcionando 8h por dia, consome 72 kWh/mês, iguais a R$ 44 na conta de luz.

Já as TVs de LED, dependendo do tamanho, podem ter potência de até 150 W, que, em uma rotina de uso diário de 4 horas, resulta em um consumo mensal de 18 kWh e um gasto aproximado de R$ 11 na conta.

é importante lembrar que modelos de plasma e LCD consomem mais energia.