istockphoto-1247794854-170667a

Diminuir o consumo de energia elétrica não é uma tarefa fácil, visto que ela está cada vez mais presente em nossos hábitos e consumos.

Principalmente após a pandemia, que levou muitas pessoas a adotarem o home office e passar mais tempo dentro de suas casas.

Mas, então, o que fazer para consumir menos energia?

Com algumas destas dicas é possível. Confira:

1. Aproveite a iluminação natural

A cada dia somos banhados com a luz e a energia limpa do sol, que podem ser utilizadas para a economia de energia em casas e empresas.

Otimizar o uso da iluminação natural, por exemplo, é uma ótima maneira de reduzir o gasto com lâmpadas.

Para isso, dê preferência a paredes de cores claras, que refletem a luz natural, e evite acender luzes em ambientes já iluminados.

2. Reduza o tempo dos banhos quente

Com o preço atual da energia no Brasil, utilizar o chuveiro elétrico é praticamente um assalto à mão armada.

Reduzir ao máximo o tempo gasto no banho quente é um dos melhores hábitos para economizar energia.

Dica importante: desligue o chuveiro quando estiver se ensaboando.

Além de economizar muito na conta de luz no fim do mês, você ainda estará contribuindo para o uso consciente da água.

3. Troque as lâmpadas por modelo de LED

Quem deseja economizar também precisa fazer investimentos, e um dos mais fáceis é a troca das lâmpadas por modelos de LED.

Embora custem mais caro, as lâmpadas de LED são a melhor opção para economizar energia pois são mais econômicas e duram bem mais que as incandescentes e fluorescentes.

4. Tire da tomada os aparelhos em “modo de espera“

às vezes, a economia fala mais alto que a comodidade, e deixar os aparelhos em “modo de espera“ (stand-by) é um desses casos.

Segundo a AES Eletropaulo, distribuidora do estado de São Paulo, o consumo de aparelhos em stand-by pode representar 12% do total de uma residência.

5. Otimize o uso do ar-condicionado

Para economizar energia com o aparelho de ar-condicionado, é preciso moderar o seu tempo de uso e cuidar de sua manutenção.

Uma boa saída para reduzir o seu consumo é escolher o modelo de potência certa para cada ambiente e não deixar portas e janelas abertas enquanto o aparelho estiver ligado.

Por sua vez, a limpeza frequente do filtro e a manutenção técnica periódica do ar-condicionado irão garantir que ele consuma menos energia.

6. Tome cuidados com a sua geladeira

Não tem jeito, a geladeira é um equipamento que precisa ficar ligado 24 horas por dia e, por isso, precisa estar sempre em bom estado.

Um cuidado essencial é não deixar o aparelho próximo a locais de calor, como perto do fogão ou de janelas com muito sol.

Outra dica clássica é conferir a borracha de vedação, que deve estar em perfeito estado para não deixar escapar o ar refrigerado.

Por fim, pense duas vezes antes de abrir a porta do refrigerador e não coloque alimentos quentes nele, pois isso faz com que o aparelho trabalhe mais para esfriar seu interior

7. Evite o consumo em horários de ponta

Por último, uma maneira pouco utilizada, mas muito eficiente, de reduzir o gasto com energia é prestar atenção nos horários em que ela é mais cara.

O chamado horário de ponta caracteriza aqueles momentos de maior consumo da rede elétrica, em que, de acordo com a lei da oferta e procura, a energia fica mais cara.

Para consumidores residenciais, geralmente o horário que mais se gasta com energia é entre 18h e 21h.

Você pode conferir qual é esse período em sua cidade visitando o site da concessionária de sua região.